O Fim do Império Romano



Do Escravismo à Servidão - A transformação das condições de trabalho e do estatuto jurídico dos trabalhadores no final da antiguidade, séc. V- X (comentado por Mayte Vieira).

Prólogo a respeito de dois conceitos muito antigos: Império universal e decadência do Estado– Nesta série de três textos do livro “O Fim do mundo antigo”, Mazzarino discute de forma brilhante a origem dos conceitos de “decadência” do mundo romano e a percepção do fim do mundo antigo (comentado por Alam Arezi)

Final dos tempos ou crise no Império – Na continuação do 1º texto, Mazzarino coloca em questão: como o império romano percebe as crises iminentes que abalariam sua estrutura?

"Inimigos externos" e "Inimigos internos" – Não apenas as invasões bárbaras, mas o próprio império se encontrava solapado em suas estruturas internas. Neste terceiro texto, Mazzarino desenvolve ainda mais as múltiplas possibilidades de analisarmos o mundo romano preste as ingressar na antiguidade tardia.

. Marcas da experiência romana – por Robert Lopez, este texto nos traz um panorama sobre o mundo romano antes da antiguidade tardia, suas estruturas, cultura e geografia.

. Em direção ao Abismo – neste segundo texto, Lopez analisa o impacto das invasões germânicas, e a incapacidade do mundo romano reagir. Mas não seriam estes modelos cíclicos? (Comentado por Mayte Vieira)

As Invasões Bárbaras pelos cronistas da Época
 – Nesta seleção de fragmentos, Fernanda Espinosa nos apresenta as invasões bárbaras pelos olhos de cronistas de um império romano à beira da destruição. 

A Crise política no Século 3 - Publicado em 1926, o livro de Ferdinand Lot "O Fim do mundo antigo", apesar de superado, merece um olhar atento pelo modo como trata, de forma abrangente, o final da antiguidade clássica.

A Restauração do Mundo Romano - Uma outra seção do mesmo livro de Lot.

A Instalação dos Bárbaros - Século V - VIII - Neste texto, o consagrado historiador Jacques Le Goff apresenta sua visão sobre a queda do mundo romano, na primeira parte de sua "História do Ocidente Medieval". Comentado por Bruna Colita